materia weg 8

Projetos de eficiência energética impactam em redução do custo operacional na indústria

Atualizado em 16 de agosto de 2018
Por Leonardo Tristão Tristão

Projetos de eficiência energética impactam em redução do custo operacional na indústria

Atualizado em 16 de agosto de 2018
Por Leonardo Tristão Tristão
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Entre as oportunidades estão substituição de motores e automatização de sistemas

Por definição, eficiência energética é a relação entre a quantidade de energia empregada em uma atividade e aquela disponibilizada para sua realização. Mas o que isso representa na prática? Uma alternativa real de preservação de investimentos e ganhos em curto prazo. Na Indústria de Móveis Henn, a aplicação de uma solução para Filtro de Mangas, fornecida pela WEG, resultou em redução de 194.922 kWh/ano, permitindo um payback de seis meses. Para a WEG, “eficiência energética” é sinônimo de “Redução do Custo Operacional”, já que as despesas com energia elétrica representem cerca de 4% do custo direto de produção, sendo a força motriz responsável por 70% de todo o consumo dessa energia na indústria. A companhia passou a contar recentemente com um Centro de Negócios de Eficiência Energética (CNEE) dedicado a projetos que otimizem o consumo de energia na indústria.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) estima um potencial de economia de energia, só em força motriz, de 12%. “As oportunidades estão ligadas à substituição de motores, automatização de sistemas, adequação da potência e à definição de critérios para recuperação ou substituição de motores”, afirma Leandro Ávila, coordenador do CNEE. Com o CNEE, a companhia passa a entregar a solução completa para o cliente, em formato turnkey, com instalação e avaliação dos resultados segundo Protocolo Internacional de Medição e Verificação de Performance (PIMVP). A medição do consumo é realizada antes e depois da aplicação para assegurar os resultados mensurados.

Desde os anos 90, a companhia desenvolve equipamentos eficientes, com destaque para o motor com o maior rendimento do mercado, o W22 Premium, que possui níveis acima daqueles definidos pela Lei de Eficiência Energética Nº 10.295. Somente em 2012, foram 63 projetos em clientes finais, 33 em conjunto com parceiros e 8 com OEMs. Conforme o executivo, 70% dos motores apresentavam oportunidades de substituição de motores, com economia média de 9,3% no consumo de energia. Mais de 20% possuíam potenciais de automação, o que elevou a redução para 30%. Os equipamentos com maiores ganhos atingiram 50 a 60% de economia. Entre os diferenciais está o Plano de Troca, que incentiva a substituição de motores antigos como parte do pagamento de um equipamento eficiente.

Pré-diagnóstico avalia oportunidades em redução de custos

A atuação ocorre de acordo com um novo formato de projeto, dividido em sete etapas: Pré-Diagnóstico, Proposta de Serviço, Diagnóstico, Proposta Comercial de Produtos, Implantação, Medição e Verificação. O centro de negócios propõe um pré-diagnóstico abrangente que leva em conta todas as oportunidades em eficiência. “Entramos no cliente com a visão ISO 50.001:2011, identificando oportunidades que contemplam outros insumos além da energia elétrica, com a possibilidade de incluir parceiros no projeto. A questão central é como a empresa vai atuar para reduzir custos e energia a patamares eficientes?”, explica o coordenador. A WEG é a primeira empresa brasileira a conquistar a norma internacional ISO 50.001:2011 que representa as melhores práticas em gestão de energia.

De acordo com Ávila, o rápido retorno sobre o capital investido leva em conta apenas a economia de energia, mas os ganhos vão além, impactam na vida útil de equipamentos, redução dos custos de manutenção e segurança no processo. “Os resultado é maior confiabilidade de produção, uniformidade do processo, melhoria da qualidade do produto e redução de ruído”, cita.

Saiba mais sobre as soluções WEG em eficiência energética

Fonte:

Leonardo_Tristão, aqui no Blog.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Projetos de eficiência energética impactam em redução do custo operacional na indústria.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tenha o total controle das informações do seu negócio, e conte com a nossa solução para crescer com você.
Share This