A catarinense JJ Thomazi, localizada em Lages/ SC, atua no segmento de beneficiamento de madeira há mais de duas décadas. Com vasta experiência no setor, possui certificação FSC (Forest Stewardship Council), que garante ao consumidor a fabricação de produtos com matéria prima de floresta certificada e/ou origem controlada de forma ecologicamente correta.

Com o intuito de aprimorar processos de secagem de madeira e otimizar o consumo de energia, a madeireira, em conjunto com a WIATEC Eletricidade e Automação Industrial, integrador WEG especializado no processo de secagem de madeira e CMM Analise Energética (ESCO) implantaram uma ação de eficiência energética com retorno de investimento de apenas um ano.

O projeto constituiu-se na substituição de motores antigos e de baixa eficiência por motores de alta eficiência da linha W22 IR3 Premium, aptos a operar em estufas de secagem, em conjunto com inversores de frequência CFW700, para modular a velocidade dos motores dos ventiladores das estufas.

Para apurar os resultados, foi instalado um medidor de energia no setor de estufas e comparado o consumo de energia/ produtividade no mesmo período. Após três meses de operação, o resultado obtido foi uma redução de 27% no consumo de energia elétrica no processo de secagem da madeira, correspondendo a 348.000 kWh/ano e R$ 10.800,00 mensais, com ROI (Retorno sob o Investimento) de apenas 12 meses.

Além da economia de energia, foram observados ganhos como o melhor controle da secagem, maior qualidade da madeira e redução de custos com a manutenção dos motores.

Para a empresa, o projeto a torna ainda mais competitiva no mercado, visto que a 60% do custo de energia elétrica é representada pelo processo de secagem.

Segundo Fernado Cunha Bleyer, Gerente de Secagem da JJ Thomazi, dentre os fatores que viabilizaram a aquisição do projeto de eficiência energética estão: a possibilidade de trabalhar no horário de ponta, pois com a redução do consumo de energia o valor de demanda contratada não é ultrapassado; Retirada da madeira com umidade próxima da esperada, o que garante a qualidade da madeira aos padrões solicitados por seus clientes e a Redução dos defeitos como manchas químicas, encruamento e endurecimento superficial.

Com pretensão de expandir o projeto para a filial, Edelmar Thomazi, sócio proprietário da JJ Thomazi, conclui: “Estamos muito satisfeitos com o investimento e recomendamos a todos os usuários de estufas para secagem de madeiras.”

JJ Thomazi

A empresa Iniciou suas atividades em 1995 com uma produção de 200 m³/mês de Pinus oriundos de reflorestamento. Hoje possui capacidade de 7.000 m³/mês de madeira serrada e 5.000 m³/mês de madeira seca em estufa. Instalada em uma área de 60.000 m², a empresa atua no suprimento de madeira para o mercado moveleiro, de construção civil e embalagens, no Brasil e no exterior. Entre os produtos fabricados estão blocos perfilados, barras e estrados de cama usinados, madeira serrada em geral, lâminas faqueadas, pallets, dentre outros.

Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/news/produtos-e-solucoes/empresa-do-setor-madeireiro-reduz-o-consumo-de-energia-eletrica-com-acoes-de-eficiencia-energetica