Moinho de Bolas

Moinho de Bolas

Flexibilidade e produtividade

O Moinho de Bolas é amplamente utilizado em indústrias cerâmicas e de mineração, onde o processo de moagem exige rígido controle da granulação do material para garantia da qualidade de seus produtos.

A WEG desenvolveu uma solução de eficiência energética para esta aplicação, proporcionando uma redução no consumo de energia elétrica de até 35%. A solução consiste no uso do conjunto de alta eficiência: motor da linha W22 IR4 Magnet acionado pelo inversor de frequência CFW11. O controle de velocidade do motor pode ser ajustado de modo a otimizar o processo de moagem, permitindo maior contato entre as esferas conforme a granulação do material processado é reduzida até sua condiçnao ideal de uso.

Através deste recurso, os ganhos vão além da economia de energia, como o aumento de produtividade com a redução do tempo de clclo de moagem, flexibilidade operacional com possibilidade de uso de um mesmo moinho para diversos materiais e redução no desgaste mecânico do equipamento.

Benefícios

  • Economia de até 35% e aumento de produção
  • Maior produtividade devido à redução do tempo de moagem
  • Maior flexibilidade operacional devido a ajustes dos ciclos de moagem conforme o tipo de produto ou matéria prima
  • Menor desgaste mecânico do moinho (parede interna e esferas)

Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/ball-mill

Unidades Hidráulicas

Unidades Hidráulicas

Economia e facilidade de implantação

Unidades hidráulicas podem ser entendidas como diversos equipamentos como reservatório de óleo, bombas de deslocamento, válvulas direcionais, válvulas de retenção, atuadores, dentre outros. Ficam dispostos em circuitos lógicos cuja finalidade é possibilitar a movimentação e controle de um determinado equipamento através do deslocamento de fluido, realizado por um, ou mais, conjunto de motor elétrico e bomba hidráulica.

Devido à simplicidade de funcionamento, acionamentos hidráulicos são utilizados nas mais diversas aplicações, tais como prensas, termoformadoras, tombadores de caminhões, injetoras plásticas, calandras, dentre outras.

Um ponto de atenção para este tipo de aplicação é que, nos momentos em que não há necessidade de movimentação, tanto a bomba hidráulica quanto o motor elétrico continuam operando em rotação nominal, com o fluido hidráulico recirculando para o reservatório e resultando em desperdício de energia elétrica e aquecimento desnecessário do óleo. Por outro lado, o desligamento do motor elétrico pode gerar efeitos colaterais como a própria queima do equipamento devido a partidas sucessivas, e desgastes mecânicos excessivos na bomba de óleo.

 A solução WEG de eficiência energética para unidades hidráulicas permite que o motor e a bomba ajustem a rotação conforme a real necessidade da máquina, resultando em economia de energia nos momentos onde o conjunto apenas recircula o fluido hidráulico devido à característica do processo (exemplo: troca de peça a ser estampada numa prensa ou entrada/ saída de caminhão num tombador de caminhões).

Uma grande vantagem dessa solução é a baixa interferência no sistema da máquina, não havendo alterações mecânicas nos motores, e permitindo que em caso de manutenção do drive, a máquina possa continuar operando com seu sistema de partida original.

Especificamente para injetoras plásticas, a modulação de velocidade do motor elétrico é realizada através de um software exclusivo instalado no PLC do inversor de frequência, utilizando os sinais analógicos nativos enviados pelo sistema hidráulico. Nesta condição, a solução de eficiência energética WEG gera economia em praticamente qualquer ciclo de operação, pois em uma máquina desse tipo as exigências do sistema hidráulico variam de acordo com a fase do ciclo (abertura e fechamento de molde, injeção e recalque, resfriamento e dosagem).

A solução proposta é uma alternativa para tornar mais competitiva uma máquina antiga, pois os modelos de injetoras mais modernos usam uma concepção semelhante à proposta, porém o investimento em um equipamento novo é muito maior. Deve-se atentar que, devido à complexidade e à ampla gama de configurações de injetoras disponíveis no mercado, recomendamos entrar em contato com a WEG caso haja interesse na aquisição desta solução.

Benefícios

  • Economia de energia elétrica de até 60% (*)
  • Fácil Implantação com poucos impactos no sistema de produção e na máquina de injeção
  • Redução da temperatura do fluido hidráulico e consequente menor desgaste dos componentes hidráulicos

Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/hydraulic-power-units

Extrusora

Extrusora

Menos custos e mais eficiência

Extrusoras de plástico são equipamentos cuja finalidade é a conformação de polímeros plásticos em formatos desejados, de acordo com a matriz aplicada. O material é tracionado através uma rosca, acionada por um motor elétrico acoplado a um redutor de velocidade, visto que a velocidade necessária para a conformação do plástico é bastante baixa, com alta solicitação de conjugado.

Como muitos dos equipamentos ainda em operação são antigos, é bastante comum a utilização de motores de corrente contínua para a aplicação, na época uma forma eficiênte de controle de velocidade.

A solução WEG para economia de energia consiste na substituição do motor de corrente contínua por motores de imãs permanentes e alta eficiência. W22 Wmagnet acionados por inversores de frequência CFW11. O uso deste conjunto propicia, além da economia de energia, redução nos custos com manutenção, uma vez que dispensa manutenções frequentes, tais como troca de escovas elétricas e filtros de ar.

Extrusoras de plástico são equipamentos cuja finalidade é a conformação de polímeros (plásticos) em formatos desejados, de acordo com a matriz aplicada – recurso similar ao aperto de um tubo de creme dental, onde o polímero seria a pasta e a matriz a saída do tubo.

Nessa analogia com um tubo de creme dental, o aperto é realizado por uma rosca acionada por um motor elétrico acoplado a ele: em geral, por um redutor de velocidade, visto que a velocidade da rosca para realizar a conformação do plástico é bastante baixa.

Para adequar-se a diferentes polímeros, matrizes e ritmos de produção, a velocidade da rosca é variável e, nos modelos mais antigos de extrusoras, tal variação era obtida com uso de motores de corrente contínua.

Essa alternativa era utilizada antes da evolução da eletrônica de potência e consequente popularização dos inversores de frequência. Na época era a única alternativa para um acionamento com velocidade variável.

A solução WEG de eficiência energética para extrusoras substitui o motor CC por um motor de corrente alternada com rotor de imãs permanentes. Com isso, os ganhos com economia de energia são otimizados. Pois é um motor com eficiência superior ao motor de corrente contínua, além de ser um motor com dimensões reduzidas o que facilita muito a instalação deste no lugar de um motor de corrente contínua, tipicamente menor.

Indiretamente ocorre uma economia muito grande de custos de manutenção (limpeza do porta-escovas, troca das escovas, manutenções preventivas caras, etc), e em especial para tubos plásticos, como o motor de imãs permanentes possui um controle de velocidade muito preciso, possíveis variações de espessura do tubo são minimizadas melhorando a qualidade do produto.

A economia de energia fina na faixa de até 30% pois é um sistema que originalmente já possui variação de velocidade, portanto o ganho ocorrerá pelo melhor desempenho energético do motor de imãs permanentes comparado ao motor de corrente contínua além da eliminação do sistema de ventilação forçada, desnecessário para o motor de imãs permanentes.

Benefícios

  • Economia de energia elétrica de até 30%
  • Fácil implantação com poucos impactos no sistema de produção e na máquina extrusora
  • Redução dos custos de manutenção
  • Maior uniformidade no processo de extrusão
  • Melhora da qualidade do produto extrusado
  • Replicável a outros sistemas de acionamento em corrente contínua

Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/extruder

 

Torre de Resfriamento

Torre de Resfriamento

Economia de energia e água

Torres de resfriamento são equipamentos muito comuns nas indústrias e têm a função de fornecer água resfriada para diversos processos industriai. A variação das condições que cercam sua operação permite a automação do sistema, bastante acessível a qualquer aplicação e com grande redução de custos operacionais.

A solução consiste na aplicação do conjunto de alta eficiência: motor da linha W22 IR3 Premium e inversor de frequência CFW701 HVAC, que corretamente dimensionados propiciam uma redução de até 80% no consumo de energia elétrica e uma economia média de 22% no consumo de água no ano. A solução conta também com um software exclusivo WEG, que dispensa o uso de controladores de temperatura e PLC’s, fazendo o controle direto pelo inversor de frequência.

Com a implantação da solução o sistema torna-se automatizado, variando a velocidade dos ventiladores da torre de acordo com a necessidade do processo e da temperatura ambiente. Uma produção variável ou sazonalidades da temperatura ambiente local exigem capacidades distintas de resfriamento que são automaticamente ajustadas pelo usa da solução.

Além disso, o controle da variação de velocidade pode propiciar a redução de evaporação da água e consequentemente reduzindo o consumo de água de reposição.

Benefícios

  • Economia de energia elétrica de até 80%
  • Fácil implementação
  • Aplicável a qualquer modelo de torre de resfriamento que use ventiladores
  • 22% de economia média de água por ano
Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/cooling-tower
Filtro de Mangas

Filtro de Mangas

Eficiência e Produtividade

Muitos processos industriais geram partículas ou gases poluentes que interferem na qualidade do ambiente, do produto e até mesmo na segurança dos trabalhadores. O filtro de mangas serve para solucionar este problema tão comum na indústria. Através de captores o ar é aspirado e então conduzido para o sistema de filtração, onde os particulados ficam retidos nos elementos filtrantes e o ar é devolvido à atmosfera em conformidade com as legislações ambientais.

A solução WEG consiste na aplicação do conjunto de alta eficiência: motor da linha W22 Magnet IR4 Super Premium e inversor de frequência CFW11, que propicia uma redução de até 60% no consumo de energia elétrica. Esta redução só é possível pelo rendimento diferenciado do motor W22 Magnet IR4 Super Premium aliado ao controle de velocidade feito pelo CFW11, que controla a velocidade de rotação de acordo com o exigido pela aplicação, obedecendo às características do processo.

Esta redução de velocidade a valores bastante baixos é possível com a linha de motores de imãs permanentes W22 Magnet IR4 Super Premium devido a sua ampla faixa de rotação, dispensando o uso de ventilação forçada.

Benefícios

  • Economia de energia elétrica de até 60%
  • Fácil Implantação com poucos impactos no sistema de produção
  • Replicável a outros sistemas de exaustão
  • Redução do consumo de ar comprimido
  • Aumento da vida útil dos elementos filtrantes
  • Redução do desgaste das tubulações

 

 

Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/baghouses

Silo de Armazenagem de Grãos

Silo de Armazenagem de Grãos

Qualidade e economia na armazenagem

 

Uma das aplicações mais importantes no agronegócio, cuja função é estocar e manter a qualidade dos grãos é a do Silo de Armazenagem. A WEG é pioneira ao desenvolver uma solução em eficiência energética específica para este segmento, garantindo um melhor gerenciamento do silo e da armazenagem de grãos.

Uma vez que os grãos chegam à fábrica e são estocados no silo, sua qualidade começa a decair proporcionalmente ao tempo e às condições em que são armazenados. Para manter a qualidade inicial dos grãos, se faz necessária a aeração do produto, onde muitas vezes a ventilação excede a real necessidade ou torna-se prejudicial com a entrada de umidade não desejável.

Pensando nisso, a WEG criou uma solução que consiste na aplicação do conjunto de alta eficiência: motor da linha W22 IR3 Premium ou W22 IR4 Magnet acionado pelo inversor de frequência CFW11 ou CFW700, fornecendo somente a ventilação necessária para a manutenção da qualidade dos grãos.

A aplicação desta solução permite que o sistema se ajuste a qualquer tipo de grão, promovendo a correta taxa de aeração de cada produto, mantendo a temperatura homogênea em toda a massa e permitindo uma grande economia de energia.

Benefícios

  • Economia de energia de até 90%
  • Controle da umidade na massa de grãos, evitando secagem além do necessário e as perdas decorrentes
  • A variação de temperatura provoca menos quebras de grãos, produzindo grãos de melhor qualidade
  • Controle preciso do volume estocado
  • A termometria é determinante nesse processo para que seja possível reduzir fortemente a velocidade dos ventiladores e não interferir na qualidade dos grãos. Da mesma forma que em qualquer ponto da massa de grãos em que seja necessária uma taxa maior de aeração, automaticamente o sistema se ajusta para atender a essa necessidade
Fonte: https://www.weg.net/institutional/BR/pt/solutions/energy-efficiency/industrial-applications/grain-storage-silos